Um quase, quase amor : Depois de ser arrebatado

tumblr_lrqd9aPu931qzm867o1_500

Quando se desperta muito cedo de uma ilusão isso pode evitar grandes males é verdade, mas não diminui e nem fraciona a dor. A dor de estar de volta a realidade, onde tudo é normal e comum de novo. Paisagens perdem a graça,canções perdem o sentido e viver passa a ser considerado uma conveniência que se torna inconveniente de novo.

Com o tempo você se esquece como é estar perdidamente viciado em alguém, ou apenas guarda a abstinência de seu vicio em amar para outro. Um outro qualquer que virá e você presumirá ser o último(a) a levar parte de você.

Conheço pessoas que já não existem para si mesmas, deram tanto de si para os outros que não restou nada. Foi a vida junto com as lágrimas da descoberta da ilusão para o mundo triste da magoa, onde cabem os monstros da alma que um dia amaram outras almas.

Amar é permitir que arrebatem sua alma,  se desiludir é sofrer para te-la de volta.

20 thoughts on “Um quase, quase amor : Depois de ser arrebatado

  1. “…e viver passa a ser considerado uma conveniência que se torna inconveniente de novo.” como se o dia-a-dia fosse um mosaico pálido e desinteressante, e torcemos para ser (em um momento) diferente ou que justifique que todo sofrimento atual se traduza em gargalhadas futuras.

    “Amar é permitir que arrebatem sua alma, se desiludir é sofrer para te-la de volta.” O que… foi… isso??? <3
    Esse texto poderia facilmente ter apenas essa frase. Mais nada.
    Arrebataste – e finalizaste – precisamente o texto! Sem Mais. 🙂

      1. Eu imagino. Sei como é essas ‘super cabeçadas’ rs
        Dói pra caramba. Mas resta a escrita para por tudo isso pra fora, correto? 😉

        Imagina, honey! Sempre Estarei. ^^

          1. Seria um blog absurdamente interessante, escrito por uma mulher inteligente, com uma visão única e peculiar sobre as coisas, e que iria atrair a atenção de pessoas bacanas que procuram ler algo de bom, longe de banalidades, “mais do mesmo e tudo mais.

            O lance dos equívocos amorosos é que sempre serviu de munição para extrair aquilo que nos faz sentir deslocados, indignados e queremos tirar essa coisa entalada na garganta. Sempre funciona. Comigo funcionou também. Tenho muuuuitos textos antigos sobre essas coisas. talvez eu poste. Mas preciso dar uma revisada e lapidar o conteúdo porque tá pesado rs.

            Sempre, sempre! Quero minha “carteirinha de fã insólito” e frequentador assíduo do “O Eu Insólito” rs ^^

          2. Ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh !!!

            Gracias

            ps : vou imprimir sua carteirinha aqui rs


            Mas eii to curiosa sobre esse material, sem lapidar ( poste na honestidade rs!)

            A melhor forma de se curar dos males da vida é escrevendo sobre ( mentira que se fosse assim eu já era pra ser normal rs! )

          3. Aaaaeeeeeeeeeeee \o//
            Legal!
            Vou ganhar a carteirinha.
            Vou ganhar a carteirinha. lala lalalála. kkkkkkkkk
            Ok! Postura, Ismael! rs

            Imaginava que ia dizer isso sabia? rs Se preferir, te envio por email, antes de publicar. rs

            Pois é… Acho que seríamos dois normais rs. Mas a coisa do escrever ajuda e muito, além de ser um exercício eficiente de criação.

  2. Tudo que foi escrito foi maravilhoso de se ler… As frases que o Ismael recortou foram concebidas de um jeito que acolhe os meus sentimentos outrora desperdiçados… Mas a grande ganhadora do prêmio “frase mais sublime do dia” é: “Quando se desperta muito cedo de uma ilusão isso pode evitar grandes males é verdade, mas não diminui e nem fraciona a dor.” Uaaaah! Eu vou chorar aqui, essa é a mais pura das constatações que refletem o meu ser! =(

    1. Obrigada Apoli \o/ #vouficarmeachandoagora … mas de fato isso que escrevi resumi bem toda situação acerca do rapaz que me inspirou. Ilusão é consequência do amor platônico, e eu sou viciada em romances assim ”/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.