5 Podcasts que eu recomendo! – PARTE 1

Apesar de podcasts já existirem desde 2004, a primeira vez que dei play em um foi no finalzinho do ano passado, quando me deparei com o podcast da Isa Ribeiro lá no Deezer. Eu me lembro que estava voltando do trabalho e comecei a ouvir por curiosidade no celular mesmo, achei super legal, e resolvi testar a plataforma de áudio também, e aqui estou eu rs!

Produção @jaquepoesia feat. Leonardo Alves

Esse blog nasceu a pouco dias ( Domingo, 14 de Abril de 2019 para ser mais exata! ) para entre outras coisas organizar o conteúdo do PODCAST NADA PRESSUPOSTO ( que também está disponível lá no Spotify ). E justamente no primeiro episódio NADA PRESSUPOSTO – ep #1 Posto, logo existo conto sobre os quatro blogs que já tive e a minha trajetória na internet (escrevendo, participando de concursos de poesia / criando resenha de livros, filmes etc/ desenhando / e fotografando exposições e outros lugares que amo conhecer), o primeiro episódio conta com a participação do meu noivo Leonardo Alves, que batendo um papo legal comigo nessa gravação fala sobre a grande poluição do conteúdo fake e outros males da internet.

Mas não é só de queixas e lamentações que construímos nosso primeiro áudio, tentamos do nosso jeitinho pisciano sonhador propor uma reflexão sobre a oportunidade que temos todos os dias de preencher a internet com um conteúdo que possa fazer a diferença na vida de alguém, seja para instruir ou divertir.

Sendo assim o primeiro podcast que recomendo claro, é o meu, rs!

Bora ouvir o NADA PRESSUPOSTO!


E agora sem mais delongas, quero recomendar o podcast da Isa Ribeiro, o já bastante conhecido NA NOSSA VIDA , onde de uma forma leve e bem descomplicada a mesma aborda diferentes temas do cotidiano que valem muito apena serem pensados e repensados, tais como o minimalismo e a importância de uma vida saudável .

NA NOSSA VIDA – podcast por @ribeiro_isadora

SITE OFICIAL AQUI – ISA NO YOUTUBE AQUI – SOUNDCLOUD AQUI

Outro PODCAST comandado por uma mulher muito original, criativa e muito estilosa é o MODA PÉ NO CHÃO, muito bem apresentado pela consultora de estilo Ana Soares.

Considero o conteúdo que ela produz essencial na vida de todas nós mulheres, que queremos se vestir com personalidade e preço acessível!

Acesse já o site dela, ou se preferir bora espiar o instagram da Ana!

Deixo aqui o primeiro episódio, pra aguçar todos seus interesses sobre moda :

Ainda falando de criatividade, mas dessa vez sobre poesia e literatura, é com grande prazer que apresento por aqui o interessantíssimo podcast MULHERES QUE ESCREVEM , que tem como foco divulgar e discutir os trabalhos de grandes escritoras (sejam elas famosas ou não). Talento é a palavra que resume cada episódio!

E não deixem também de conferir o maravilhoso conteúdo do site AQUI .

Pra não dizer que esqueci de citar um podcast masculino muito bom, tente conter os risos com o divertidíssimo GUGACAST (comandado por Guga Mafra e seus amigos) que com muito bom humor lê as histórias aleatórias de seus ouvintes.

Site Oficial Gugast – aqui * Soundcloud do Guga – aqui

Conteúdo bom merece ser compartilhado, então divulga também essa postagem e bora traz mais ouvintes pra quem tem conteúdo de qualidade!

Merlí : Filosofia, puberdade e sexo

imagej
A proposta da série   Merlí  é no mínimo diferente, e foi recomendada pelo meu professor de espanhol. 
Recomendação de um ótimo professor +  ideia diferente  = acabei assistindo um episódio …  atrás do outro, em dois meses as  3 temporadas!
E agora estou aqui para recomenda-la  á vocês  (apesar de  considerar que há  na mesma certos exageros, cenas desnecessárias, e como em toda série Netflix APELATIVAS!
Cmy1xIIWEAAbsYk
Resumão: Merlí  é  um homem divorciado, com cerca  de cinquenta anos, pai de um adolescente homossexual,  que passa a morar com mãe  (que é atriz) por estar desempregado.
Mas logo no início da série ele arruma um trabalho como professor  no  colégio onde o filho estuda.  Não  demora muito para se destacar entre os jovens por ser irreverente e espontâneo.
1505800977_596990_1505801311_noticia_normal
Pontos altos  da série : 
Um pouco de  didática
Cada episódio tem o nome de um filosofo, e mostra um trecho da aula de Merlí sobre o mesmo.  No decorrer do episódio tudo está  de certa forma ligada a filosofia do filosofo em questão, o que acaba por ser uma abordagem sensacional sobre.
Metodologia de Ensino e Influencia 
Através do personagem a série faz duras criticas ao método de ensino autoritário, e  também  aponta para necessidade   dos jovens  em ter alguém com quem possa contar. O que leva Merlí a ser uma espécie de herói da garotada.
Merlí  é  um professor capaz de causar grande influencia. Mas nem sempre sua influencia sobre eles é boa, pois Merlí  apesar de adulto leva a  vida de uma maneira um tanto quanto inconsequente o que garante boas confusões durante as três temporadas.
O personagem chega a  fazer criticas quanto a política, a educação ortodoxa de alguns pais e há  falta de atenção de outros, entre outros pontos  sociais  que estão  inerentes ao papel  da construção  educacional, tal como  o papel da escola em relação  ao  combate do bullying  e a liberdade sexual. 
Sobre tudo a importância de formação de cidadãos críticos  com opiniões próprias (ou seja seres capazes de não sucumbir a massa)  é  o que se destaca nesta série. 
merli.html
O ponto baixo da série com certeza  é o exagero das cenas de sexo (sendo estas demasiadamente exploradas, e em quase todos os episódios), e a forçação de pares entre personagens que claramente não teriam nenhuma ligação afetiva, o que acaba por tornar estes ”romances” fantasiosos demais e chatos. 
O FIM  – O fim  é  lindo, porém triste, e com certeza   cumpre o principal proposito  da série   que é   fazer o expectador pensar  sobre qual seria A MELHOR maneira de levar sua vida!

Assistam e me digam o que acharam !

 

Insólito, romântico,poético e baseado em best-seller francês (disponível no NetFlix): Jack e a Mecânica Do Coração

1946122-concours-jack-et-la-mecanique-du-coeur-votre-enfant-dans-un-moment-d-amour
Estava procurando algo para assistir no Netflix, e me deparei com Jack E A Mecânica Do Coração (2014). Não costumo assistir animações, mas o filme  me chamou bastante atenção tanto pela sua belíssima arte, quanto  pela sua sinopse interessante.
Já cansada de ver mais do mesmo na plataforma streaming, eu pensei Por que não? 
E acabei por descobrir uma estória linda, que será a minha primeira recomendação á vocês este ano! 

A mãe de Jack está a beira de congelar no alto de uma colina coberta de neve, quando finalmente é socorrida pela parteira Madeleine (meio feiticeira), e da a luz ao pequeno.
Mas por ser um dia  frio (tãoooo friooo!), o coração de Jack congela.
E daí eu já pensei Poxa que filme triste!
Mas para salvá-lo, Madeleine substitui seu  coração por um relógio.
Isto é quando o filme (ao meu ver) começa a ganhar nuances do estilo Tim Burton.

A essa altura é difícil já não ter se afeiçoado por Jack, um menino  ingenuo (que sofre demasiado bullying na escola por ter um coração de relógio cuco), cheio devaneios e obstinado a reencontrar sua amada.
Daí fiquei sem saber se torcia por ele e Luna, ou se torcia pra ela não acha-la e ficar vivo.  Mas contrariando meu desejo, o  belo romance leva Jack a uma  aventura  com direito a susto de Jack Estripador,  e  uma amizade  como Georges Méliès. 
Se eu contar mais vou dar spoiler  (trailer abaixo): 

A direção do filme  é por conta de  Stéphane Berla (não, não é Tim Burton!). Com apoio do Roteirista: Mathias Malzieu  (músico francês  e autor do livro no qual se baseia a animação *  Malzieu também faz a voz de Jack ).
Abaixo duas versões da capa do livro aqui no Brasil: 

Pretendo  ler o livro (e fazer resenha aqui no blog), de tanto que gostei da animação, e a julgar pelo primeiro capitulo disponível aqui , o filme é provavelmente o reflexo de um excelente livro. 
N.º Páginas: 192
Editora: Contraponto
 

Bom humor, efeitos especiais e o heroísmo de LIGA DA JUSTIÇA

justiceleague-800x381

Quem me conhece/conhece o blog, sabe muito bem que filmes de heróis estão longe de serem meus favoritos. Mas no fim de semana reuni alguns amigos para irmos ao cinema, e por voto da maioria, assistimos LIGA DA JUSTIÇA.

Não esperava muito do quinteto de heróis  e acabei me surpreendendo! O filme  está recheado de cenas de humor, excelentes efeitos especiais, e apesar da historinha fraca tipica de filmes do gênero, traz ainda sim, uma boa sensação de diversão. 

tumblr_oaxxp050Or1r460jmo2_500
tumblr_oaxxp050Or1r460jmo1_500.gif
182706-o-papel-de-flash-ezra-miller-em-esqua-624x0-1.gif
Confesso que me encantei com o personagem FLASH (interpretado pelo cantor e modelo  Ezra Matthew Miller), que fez piadas/caras e bocas o filme todo, e garantiu boas risadas.
liga-da-justica-rico.gif
Puro entretenimento !  Recomendo! 

Sobre o espetáculo Anne – O Diário de Anne Frank no teatro FAAP

teatro-faap-anne-frank

460356_569No dia  16/11/17 (quinta-feira passada) a insólita que vos escreve não pode deixar de comparecer a única apresentação  em São Paulo de  Anne – O Diário de Anne Frank no teatro FAAP. E agora não posso deixar de registrar por aqui a importância deste espetáculo, pois considero demasiadamente necessário que as novas gerações tenham conhecimento da  célebre história de ‘Anne’, a menina judia que durante a Segunda Guerra Mundial, teve de  se esconder em um sótão juntamente com mais sete pessoas por dois anos, antes de ser levada para o campo de concentração de Berg-Belsem.
O espetáculo não foi nem um pouco sensacionalista, não enfatizou aqueles detalhes tão tristes do diário de Anne (como temos acesso no livro), não utilizou-se dos fatos tristes em torno dos registros da jovem para causar pena a plateia. Arrancou sim lágrimas de alguns (afinal de conta se trata um sofrimento causado pela estupidez e crueldade, e tudo por conta da intolerância e o antissemitismo).
Anne4
Com nuances de humor em certos momentos, o espetáculo enalteceu não as dores de Anne  embora essas também tenham sido mostradas na medida correta, mas o tempo todo o foco estava nos textos de seu diário que nos mostram o como amar a vida é importante, em toda e qualquer situação. 
E creio que seja unanime na opinião de quem já assistiu ao espetáculo, que  o mesmo tenha o poder de fazer com que amemos ainda mais a extraordinária visão de Anne a respeito da vida, e da raça humana. Pois apesar de tudo ao qual fora submetida Anne amou viver. 
Com duração de 75 minutos o espetáculo conseguiu  mostrar isso, e merece muito ser visto por muitas e muitas pessoas!  
Parabéns elenco e direção!

Elenco / Direção

Direção: Gilson Filho.
O elenco: Camila Deleigo, David Berestinas, Marina Salles, Paula Lucisano, Bruno Mariotti, Marília Marcucci e Shaul Borsari.
Participação Especial: Amilton Monteiro. Ator Convidado: Mazzarini Filho.


 Foi meu primeiro espetáculo no Teatro FAAP, e confesso que gostei muito, o lugar é lindo, tanto por dentro quanto por fora, vale muito apena a visita.  Conta com 500 lugares,  e fica na Rua Alagoas, 903 (Higienópolis). Aqui alguns registros que fiz por lá: 
Teatro – Centro atuante de cultura

Nos últimos cinco anos, passaram pelo palco do Teatro FAAP as personagens de Peter Handke, Maria Adelaide Amaral, Ionesco, Pirandello, Tckekhov, Antonio Ermírio de Moraes, Maria Clara Machado, Alfred Jarry, Margaret Edson, David Auburn, Marta Góes. Nomes famosos como o de Raul Cortez, Marília Pera (que recebeu diversos prêmios por sua atuação na peça “Mademoiselle Chanel”), Christiane Torloni, Irene Ravache, Cecil Thiré, Beatriz Segall, Adriane Galisteu, Débora Bloch, Ana Paula Arósio, Jonas Bloch, Paulo Autran (que atuou cinco vezes na FAAP, em temporadas diferentes).

Hoje, a Fundação Armando Alvares Penteado é referencia na educação e na cultura do país, e o seu teatro faz parte desta história.

FONTE: AQUI

 
 

Resenha: O Homem Duplicado

PicsArt_10-01-08.16.55O Homem Duplicado JOSÉ SARAMAGO

Minha historinha com o livro: Certa noite (a cerca de três ou quatro semanas), pedi a meu irmão cinéfilo sempre citado por aqui, a dica de um filme. E fiquei muito feliz em saber que ele me recomendou um filme com Jake Gyllenhaal como devem saber, meu queridinho!, mas ele me advertiu ‘ ESSE EU JURO QUE NÃO ENTENDI! MAS SE QUISER TENTAR! ‘  
239210.jpg-c_300_300_x-f_jpg-q_x-xxyxx
Foi então que eu e meu namorado dedicamos a noite a pensar sobre o filme  de Denis Villeneuve, baseado na obra de José Saramago. // Post sobre o filme aqui // Mas não obtivemos muito sucesso, então decidi comprar o livro (e ler Saramago pela primeira vez), e o resultado da leitura (foi uma experiencia tão  insólita quanto ter visto o longa ) rendeu a resenha abaixo:

RESENHA
O inicio do livro  (narrado em terceira pessoa) nos leva supostamente a conhecer Tertuliano Máximo Afonso (nome que Saramago repetiu de 3 a 5 vezes em cada página!), um homem refém de um cotidiano monótomo, que se dividi entre dar aulas de História e ler sobre as civilizações mesopotâmicas.
Aos trinta oito anos de idade e recém divorciado, o protagonista vai dia após dia sucumbindo a depressão, até que um colega de trabalho (o professor de matemática) lhe indica um filme, o qual Tertuliano aluga, e acaba por descobrir seu clone no longa (se trata de um ator com papéis medíocres de pontas).
Tertuliano passa a desejar descobrir mais sobre o homem, cujo a face e todo resto é perfeitamente igual a ele. Mergulha então em horas e horas de cinema, assistindo a muitos filmes da produtora onde trabalha seu duplo. Até que finalmente descobre a identidade do mesmo, e busca uma forma de conhece-lo.
A essa altura da leitura, já sabendo que não se trata de gêmeos, clones ou irmãos, tem até um aviso na contra-capa de que não seria algo tão obvio, foi então que comecei como leitora, a me perguntar se Tertualino era mesmo o homem pacato apresentado pelo narrador. Pois sua súbita obsessão em conhecer seu duplo, acabou por leva-lo a se questionar muito acerca de si mesmo, até que ele sofre uma enorme crise existencial,e  se mostra mais perturbado, do que  apenas triste e entediado.

Saramago construiu uma narrativa simples acerca de homem  Tertualiano nos dizendo  oque  este faz, como é, o que possuí , e que não possuí, mas este é na verdade  um personagem deveras complexo, o que faz com que a elaboração do livro chame atenção pelo cuidado do autor, em criar estrategias de suspense e mistério em torno do tema DUPLICIDADE.
Simbolismos e elementos parecem roubar a ”cena”, e em algum ponto subestimei Tertuliano por julgar conhece-lo, e é então que o Senso Comum (narrador do texto) nos leva ao desespero do personagem que vive o pesadelo do mito da originalidade, e percebemos que nada é realmente o que parece.
Super recomendo! 

FILME: O homem duplicado (o caos é uma ordem por decifrar)

enemy02Quer ver Jake duplicado na sua tela?
Quer ficar demasiadamente intrigado, e perder o sono?
Quer ver um filme te recomendar um livro?

098358.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxxSe você for capaz de responder sim a todas essas perguntas, você deve assistir O HOMEM DUPLICADO, filme dirigido por Denis Villeneuve (do já recomendado por aqui Os Suspeitos) .

 

7e4e4f07fe05fc213dff0e0df99d6b02Adam Bell é um professor universitário de História… da aulas, vai para casa, janta, e transa com sua namorada, dorme, acorda e recomeça o processo. Sua vida monótoma, ganha um brilho de complexidade, quando um outro professor da Universidade, lhe indica um filme, e afim de mudar algo no esquema de seus dias iguais, Adam aluga o tal filme, e para sua surpresa descobre no longa um ator que é perfeitamente igual a ele. Se trata de Anthony um ator de filmes de segunda.giphy.gifAdam então decide conhecer seu duplo, o que gera uma enorme teia de situações confusas, que se tornam ainda mais complexas na imensidão de cenas repletas de simbolismos.giphy (2)
 

O filme baseado no livro homônimo de José Saramago,  foi feito para confundir, mas se você prestar bastante atenção acaba ligando os pontos, ou não rsrs, seja como for o filme valeu apena, pois acabou por me recomendar a leitura do excelente livro do inesquecível Saramago.  

Na internet é possível encontrar  uma série de teorias sobre o filme, sendo a principal delas a ideia de que Adam e Anthony são a mesma pessoa (Será?) . 

Siga a minha recomendação, e assista! 
Prometo que não haverá um duplo seu na tela! 

Dica de dvd : Os Suspeitos

imagesA cerca de três semanas por recomendação do meu cinéfilo irmão, meu namorado e eu assistimos a trama com direção de Denis Villeneuve : OS SUSPEITOS . O filme nos surpreendeu, é um desses suspenses que ganham o espectador logo nas primeiras cenas. Tudo se passa em Boston, onde  Keller Dover (Hugh Jackman) e sua família vivem felizes, com os filhos  Ralph (Dylan Minnette) e Anna (Erin Gerasimovich). Em certa tarde, a família visita a casa de Franklin (Terrence Howard) e Nancy Birch (Viola Davis), seus vizinhos e amigos. Sem que eles percebam, a pequena Anna e Joy (Kyla Drew Simmons), filha dos Birch, desaparecem. Desesperadas, as famílias apelam à polícia e logo o caso cai nas mãos do detetive Loki (Jake Gyllenhaal).

Não demora muito para que ele prenda Alex (Paul Dano), que fica apenas 48 horas preso devido à ausência de provas contra ele. Alex na verdade tem o QI de uma criança de 10 anos e, por isso, a polícia não acredita que ele esteja envolvido com o desaparecimento. Entretanto, Keller está convicto de que ele tem culpa no cartório e resolve sequestrá-lo para arrancar a verdade dele, custe o que custar.


A tradução do titulo original: Prisoners, acabou por fazer total sentido, pois o filme te leva a achar no início que o próprio pai posso ser um suspeito, ou que as meninas talvez tenham fugido de algum tipo de abuso, e outros suspeitos surgem no decorrer do longa . É  um filme muito bom, e como tem Jake Gyllenhaal   é obvio que iria citar aqui !

Outras recomendações com o lindo  par de olhos azuis aqui  <

 

Agonia e ação na excelente ficção: L I F E

98133520170324100133
Oi de novo ! ( post anterior de hoje AQUI * )
Como sabem, eu sou uma viciada em cinema, e esse ano tenho tentado acompanhar os longas dos mais diferentes gêneros.  E como devem saber ficção cientifica não é um dos meus gêneros favoritos, mas eu bem que gostei de PASSAGEIROS  e até recomendei o filme por aqui .
Mas devo dizer que L I F E (VIDA) do diretor Daniel Espinosa, foi além ! ( E com isso entendam que eu GOSTEI MESMO DO FILME! )
 

Sinopse : Com o objetivo de coletar  amostras do  solo de Marte, seis astronautas   partem em uma estação espacial. Entre os  estudos das amostras, encontram/despertam  um ser unicelular, que seria a prova de vida fora do planeta Terra.  O mundo comemora a descoberta, e até nomeia o ser através de  um concurso mundial para eleger seu nome: Calvin.  Mas Calvin acaba crescendo rápido demais demostrando ser um risco aos astronautas e até mesmo a toda raça humana.
 

O filme conta o lindo  e talentoso Jake Gyllenhaal, que infelizmente não tem um grande papel neste filme. Seu personagem  é um sujeito triste, e muito entediado com a vida, que está prestes a bater um recorde por ser o astronauta a passar mais tempo em uma estação espacial. 
2017314e8de3f78-5ec4-43f2-9762-78be15023d85
Para grandes fãs de ficção cientifica o filme talvez não apresente algo muito novo, por tratar vida alienígena, sobrevivência, risco de extinção dos seres humanos ou mesmo contar muitos efeitos especiais.  Mas eu confesso que não consegui desgrudar os olhos da telona, o filme  tem muitas cenas que causam agonia e simultaneamente expectativa. E as cenas de ação fizeram meu coração acelerar como a muito tempo um filme não fazia.
life-movie--e1489415643326
O filme conseguiu através dos efeitos capturar a atenção para o cenário espetacular e o balé dos astronautas se movimentando na estação espacial, mas sobre tudo conseguiu me ganhar com um final inesperado!
Mas calma não vou dar spoiler aqui, confiram o trailler : 

As mais recentes idas ao cinema

Além do ótimo filme de Tom Ford ANIMAIS NOTURNOS já comentado por aqui, resolvi passar pra cá um pouco sobre minhas mais recentes idas ao cinema. 
O primeiro, é um filme  do qual estava super curiosa para assistir depois de ter visto o trailer algumas vezes no cinema. É  Passengers/PASSAGEIROS :

SINOPSE: Dois passageiros acordam 90 anos antes do tempo programado durante uma viagem de rotina no espaço devido a um mau funcionamento de suas cabines. Sozinhos, Jim e Aurora começam a estreitar o seu relacionamento. Entretanto, a paz é ameaçada quando eles descobrem que a nave está correndo um sério risco e que eles são os únicos capazes de salvar os mais de cinco mil colegas em sono profundo.
Embora não seja fã de ficção cientifica, o filme me chamou atenção. É um drama, um romance e uma ficção mirabolante… ou seja no minimo diferente, recomendo!


Outro gênero que não costumo assistir muito, ainda mais de trabalhos nacionais, é comedia, mas eu gostei da continuação das aventuras e desventuras da dona Mirna.MINHA MÃE É UMA PEÇA 2  pra mim não é tão bom quanto o primeiro, mas é divertido, e é o tipo de filme que recomendo se estiver atoa. 
minha-mae-e-uma-peca-2_pipoca-na-madrugada-5


Agora é hora de citar dois filmes de terror , um que vi e tive muito medo, outro que graças ao Leo (obrigada Leo! ) não tive de assistir inteiro, pois deixamos o cinema antes da metade arrependidos pela compra dos ingressos. 
Começando pelo filme que você não deve assistir ( sim foi esse que não vimos inteiro) O CHAMADO 3 , se o 1 e o 2 são uma porcaria , eu não sei por que fui pensar que poderia ter algo de bom no 3. Não perca seu tempo ( mesmo que meia hora, e não gaste seu dinheiro, mesmo que como eu pague meia!
Mas se quer sentir medo ( MUITO MEDO!) veja: 

Há tempos um filme de terror não impactava tanto!  Nota: Não assista comendo!