Algum renovo depois de tanta ansiedade

Oi insólitos (as) !
Me perdoem pela falta de atualizações por aqui. Muita coisa tem acontecido na minha insólita vida, e sim eu gostaria de escrever sobre a maioria delas.
tumblr_nixr3hufcw1t625dco1_500
Há bastante tempo não me sentia assim, reflexiva sobre o presente.
Na maior parte do tempo estava com a mente no futuro ou no passado,mas nunca no agora. Por algum motivo evitava estar realmente na realidade do hoje.
Tenho vivido com presa,contando as horas,os dias,os meses,os anos.Como se estivesse esperando por algo,que não sei o que é.
Me sinto sempre atrasada e exausta, como se precisasse do amanhã o mais rápido possível para que ele pudesse me livrar do hoje.
Entendem o que quero dizer?
Há quem diga que não sou a única, e que esse é o mau do século. DESEJAMOS TÃO ARDENTEMENTE O AMANHÃ QUE NÃO APROVEITAMOS O HOJE,NÃO VIVEMOS SOMENTE CORREMOS COMO LOUCOS ATRÁS DA PRÓPRIA MORTE AFIM DE ALCANÇAR ALGUM DESCANSO.
Por sorte adoecemos antes de desperdiçar toda a vida de maneira tão tola.E então despertamos e passamos a chance de mudar os hábitos, concertar os parafusos frouxos e viver de verdade.
Aparentemente tudo estava bem,eu estava num trabalho, fazia faculdade e passava o fim de semana com meu namorado.
Mas a verdade é que estava suportando nove horas diárias de tédio corporativo,fazendo o que detesto (quem me segue sabe que tenho dificuldade em estar em trabalhos que restringem minha criatividade em 4 paredes e muitas regras) . E sim eu havia voltado a contar as horas para ir embora,durante todas as árduas semanas e meses .Dia após dia sentia mais e mais presa,sentia se a ansiedade me consumisse e ainda tinha as tarefas da faculdade as exaustivas aulas teóricas em inglês. E não me levem a mau ey amo estudar, mas não teve um só dia desde que comecei o curso de Letras Inglês em que odiei menos o idioma, e sempre que ouvia em sala me perguntava o porquê de estar me torturando tanto.
Por que nos torturamos? Por que o trabalho mais longe e mais diferente da nossa personalidade? Por que o curso que vai custar anos de estudo para nos ensinar algo que odiamos? Por que ?
Por que eu nunca faço o que quero e apenas o que acho que devo?
Talvez a resposta seja uma justificativa: eu escolho com presa,pois tenho 26 anos e me sinto estupida por não ter uma droga diploma ou uma carreira.
Mas o mais louco é que quando recobro a consciência,eu realmente não me importo com nada disso. Eu só quero viver,viver bem e sem presa. SEM A ANGUSTIA DE ACOMPANHAR PONTEIROS TEMOROSA … APENAS VIVENDO.
Então eu tentei outro trabalho,resolvi deixar a faculdade (embora eu apenas tenha a trancado não pretendo voltar para o estudo do mesmo idioma). Enfim eu voltei ao início de novo!
Lembram quando comecei esse blog eu estava doente, depressiva e recém saída de um relacionamento toxico? Sem trabalho e sem condições de outra atividade se não escrever… eu estava começando do zero.
Eu tive uns três empregos desde então. Eu me apaixonei duas vezes,eu conheci pessoas incríveis, lugares novos,enfim tive insólitas experiências boas (e confesso algumas ruins, mas até isso foi bom pois aprendi com elas!) , e tudo isso me levou ao agora e a esses pensamentos de recomeço a partir daqui.
Eu fui abençoada em ter nascido na família em que nasci,apesar de tudo o que vi e vivi desde a minha infância,eu não trocaria minha família por nenhuma outra.

***Nota: eu deletei ao postagem onde falava sobre e explico a respeito aqui * Nas palavras em azul no fim da página deste post ***

Entre tantos revés amorosos da maneira inusitada possível num emprego em que estive por apenas 3 meses eu conheci o cara mais incrível do mundo.
Eu tenho poucas e insólitas amizades que tornam mesmo meus piores e mais difíceis dias em dias inesquecíveis!
Eu tenho aprendido a viver o hoje,o agora, esse momento único e precioso e isso tudo o que realmente preciso!
Dedico esse post a você Wen ,meu ex companheiro de sala de aula que também tem enfrentado a ansiedade : Admiro sua força de vontade e seu amor pelos os estudos! Nunca vou esquecer das palavras que me disse: AS VEZES É PRECISO MAIS FORÇA E CORAGEM PARA ABANDONAR ALGO DO QUE PARA CONTINUAR.
Agora eu entendo, e sei que recomeçar não é a saída mais fácil, por isso exige mais coragem de nós. MAS COMO MINHAS EXPERIÊNCIAS ANTERIORES ME MOSTRARAM RECOMEÇAR TRAZ O NOVO,ACRESCENTA A NOS O QUE REALMENTE É PRECISO.
E AGORA EU SEI,EU APENAS PRECISO VIVER.

Certa sem conseguir dormir me levantei de madrugada e escrevi uma postagem de desabafo sobre assuntos familiares com o título “papai é um no monstro” . Muitas pessoas se sensibilizaram com a narrativa e me enviaram emails. AGRADEÇO A TODOS (AS) QUE FIZERAM ISTO.
E digo a vocês qye tenho aprendido muito desde então,sobre tudo a liberar perdão.
Deletei o post em questão a menos de uma semana, e como voces se preocuparam comigo acho importante dizer o que levou a deleta-lo.
Nunca quis que esse blog fosse um lugar odioso,ou apenas um espaço onde deposito minhas dores e traumas . PELO CONTRÁRIO, EU SEMPRE QUIS AQUI COMPARTILHAR MINHAS EXPERIÊNCIAS E IDEIAS*sejam elas boas ou ruins,afim de desabafar sim,mas sobre tudo registrar meus aprendizados com meus próprios erros. NÃO quero daqui alguns anos olhar para esse blog e ver estupidez como a daquele post. QUERO VER OS REGISTROS DE COMO CRESCI,APRENDENDO A LIDAR E ACIMA DE TUDO A SUPERAR.
A vida se encarrega de dar a cada um o que merece, o que já é razão suficiente para não precisarmos guardar mágoa.
Perdoar é libertador,e é melhor do que vingança.

Em breve uma  enxurrada de postagens novas, porque eu estou de volta!

Não se atravessa uma vida sem magoar alguém

tumblr_lxysq3OR6V1rny1uwo1_500

A frase título ” Não se atravessa uma vida sem magoar alguém ” é  da canção  O Menino,  do cantor Pélico (ver letra na integra e ouvir > aqui) e reflete uma grande verdade.

Todo nós, ainda que sem intenção acabou por machucar alguém, com palavras, atitudes, ou mesmo por ausência, ausência de palavras, de atitudes…

Eu já fui machucada, tanto  quanto já  feri também.

E claro não me orgulho disso. Mas busco  extrair lições dos equívocos.

Certa vez no meu quarto parei pra pensar sobre, e escrevi cartas para aqueles(as) que acredito de algum modo ter ferido.

tumblr_ltstj9xa6F1qlttxko1_400

Procurei não justificar os erros (para maioria dos erros não existe justificativa), mas falei sobre a culpa, o sentimento real que pesava sobre mim . Busquei traduzir o arrependimento  no mais sincero pedido de desculpas.Chorei. Lágrimas de dor, por saber que minhas palavras não seriam lidas.

Quis voltar no tempo, não haver errado. Não ter dito o que disse, não ter feito o que fiz…

Tarde demais me dizia a consciência.

Guardei as cartas, e prometi a mim mesma que se encontrasse as pessoas que feri lhes transmitiria o conteúdo dos escritos, ainda que pudessem parecer de alguma forma humilhantes.

E  na semana  passada aconteceu uma ocasião perfeita para me desculpar. Se tratava de uma pessoa que feri, e optei por me afastar (ao invés de tentar concertar as coisas tendo em vista meu erro).

A pessoa não foi indelicada comigo (pelo menos não claramente), pelo contrario, foi demasiadamente atenciosa, no entanto não pareceu me perdoar de fato.

Pude perceber que conversava com uma certa ironia, se gabava e tentava demonstrar ser superior (ao mesmo tempo que tentava demonstrar uma educação forçada).

Para mim aquele momento foi uma oportunidade especial de corrigir um grande erro. E quem sabe até de refazer a amizade.

tumblr_o2a481NE1V1v4vwgto1_400

Senti uma enorme paz em estar tendo a chance de pedir perdão.

E me perdoei  pelo erro.

Foi libertador, apesar de sentir que quem feri ainda não estava pronta a me perdoar.

perdoe-sempre
A importância do perdão é enorme, tanto pra quem  pede perdão/pra quem se perdoa, quanto para quem consegue liberar  esse perdão  de maneira verdadeira.

Em suma para viver  bem é necessário pedir perdão (se perdoar),e perdoar os que nos feriram.

Levou um tempo pra aprender a perdoar os que me feriram e  nunca se desculparão.

E outro tempo para perceber que  também feri,  que precisava pedir perdão  a essas pessoas ( ainda que elas não  estivessem dispostas a me da-lo ).

E ainda mais tempo foi necessário para que me perdoasse, e compreendesse que de fato não se atravessa uma vida sem magoar alguém.

Vamos amar mais!

Amar mais os que nos feriram 

Amar  quem ferimos (ainda não nos perdoem)

Amar  a nós mesmos, não permitindo que a culpa nos roube a paz. Pois somos tão humanos quanto os que nos feriram. Por isso temos de saber pedir perdão a cada erro, e  desculpar o outro por seus equívocos.

Amar mais!

Para evitar que o erro exista, não causando tantas feridas.

Pra atravessar a vida(ainda que ferindo) buscando ser melhor.

 

Pela última vez

tumblr_m5xffo4hgp1rnodj0o1_500-9204 (1)

Vou ficar aqui, indo pra longe 

Parada, sem deixar que isso pare de girar na minha mente

Vou pela última vez arrumar essa bagunça

Destroços de memória espalhados… vamos nos livrar do lixo

Vamos aliviar o peso dessa carga 

Você vai ser inteiro de novo, eu prometo!

 

Vamos deixar uma canção qualquer nos aliviar da culpa 

Vamos a uma festa sermos corpos em movimento, sem sentir nada além da música

Depois vamos embora, como se nunca houvêssemos sentido dor

Pra depois começar tudo de novo

E eu irei jurar que recolho seus cacos pela última vez

 

stars

tumblr_inline_mrq0x7wg0z1qz4rgp

As estrelas ainda brilham no céu da mesma forma

Nada mudou tanto para  que não possamos ser como eramos 

As estrelas ainda brilham no céu 

O amor ainda é maior do que tudo 

A vida vai te perdoar se você entender isso

 

Os dias as vezes tornam as coisas amargas 

Mas tudo pode ser resolvido 

Podemos ser absolvidos

Podemos abandonar essa cela 

 

As estrelas ainda brilham no céu da mesma forma

Nada mudou tanto para  que não possamos ser como eramos 

As estrelas ainda brilham no céu 

O amor ainda é maior do que tudo 

A vida vai te perdoar se você entender isso

Dica de filme: Straight Story LenMogge

Até onde você iria para conseguir o perdão de alguém?

275616.1

Para obter o perdão do irmão,  Alvin Straigt em 1994  foi de Laurens, Iowa para Mr. Zion, Wisconsin em cima de cortador de grama.

The Straight StoryUma História Real no Brasil) é um longa-metragem franco-britânico-estadunidense dirigido por David Lynch em 1999 baseado nessa história real.

Apesar de um tanto quanto parado, e com apenas uma música na trilha sonora, vale apena ver o filme.

hqdefault

O melhor amigo de Alvin durante a infância era seu irmão, mas o tempo passou, eles cresceram e tiveram uma briga terrível que os manteve afastados por anos.

Até que já velho Alvin recebe a notícia do precário estado de saúde do irmão e decide que irá visita-lo para fazer as pazes. Mas como Alvin não pode dirigir, e nem enxerga bem, decide ir no seu velho cortador de grama.

No caminho Alvin conhece pessoas com quais tem diálogos curtos porém profundos, como por exemplo a adolescente  que fugiu de casa para evitar a gravidez indesejada e desisti de abortar depois de conversar com ele.

O filme foi montado segundo relatos de pessoas que viram Alvin fazer a viagem sobre o meio de transporte inusitado.

Recomendo! Faz agente pensar em como brigas bobas nos fazem perder os melhores anos com quem amamos.

 

 

Como evitar a guerra

large (2)As pessoas vão te machucar, e por vingança ou auto defesa, e você irá machuca-las também.
As pessoas vão te machucar de novo, pra revidar sua auto defesa, ou se proteger da sua vingança.
As pessoas vão te machucar outra vez, porque elas estão feridas por sua causa, e vão juntar todas as forças que possuem para o machucar,  tanto quanto você as machucou.

Tanto você quantos essas pessoas estarão bastante feridas, e quando não tiverem mais forças, ou mesmo palavras, para prosseguirem com essa guerra, vocês guardaram todo o armamento
em si mesmos, junto com a magoa.
E se nenhum de vocês morreu ainda, a magoa tratará de matar ambos.

Como evitar que tudo isso aconteça?

large (1)Não machuque as pessoas.
Mas se mesmo assim elas o machucarem, e você surpreendido pela traição delas sofrer, não se vingue, perdoe.

large (1)
Perdoar a elas, te protege de um mau maior do que a traição. A magoa que você guardaria delas, seria morte da chance de conhecer as boas pessoas … as pessoas que só merecem conhecer os que são capazes de perdoar.

large