Sem fingimentos, aceite sua história

Existem inúmeras maneiras de se levar a vida, e eu já experimentei algumas delas nesses vinte oito anos que fazem de mim quem sou hoje.

Eu já tentei ser o que esperavam que eu devesse ser, e fosse para ser aceita ou agradar alguém em específico, deu certo por um tempo, mas graças a Deus não durou mais do que eu pudesse suportar.

Nos últimos meses eu vinha tentando evitar uma grande verdade a meu respeito, mas agora eu sei que já não posso mais fugir dela. Todos os fatos da minha vida até esse exato momento culminaram pra que eu definitivamente entendesse que sou quem sou por causa de tudo que vivi, e que por mais que eu tentasse fugir disso, seria como camuflar uma vida, tentar esquecer toda uma jornada que não pode ser apagada.

Por tanto agora eu aceito os fatos, a vida pode ser complicada às vezes, mas entre todas as maneiras de se viver, a melhor delas sempre será a mais verdadeira.

Aceitar quem somos, como somos. Aceitar os erros e acertos da nossa história, olhando com amor para o passado (que por pior que tenha sido nos ensinou muito), faz com que no presente sejamos mais sábios nas nossas escolhas, podendo vislumbrar assim possibilidades melhores de futuro.

Saber que podemos ser uma versão melhor amanhã, gera combustível suficiente para que a esperança produza ação. E pra que cada ação nos eleve é preciso sim, por mais difícil que seja, aprender com o passado e sem fingimentos aceitar nossa história tal como ela é.

Ninguém precisa ser uma vítima ou um vilão para sempre, podemos sempre mudar, temos sempre a escolha de fazer algo novo.

Usar filtros e máscaras que disfarce e distorcem a realidade é algo que pode parecer simples a princípio, mas logo nos rouba de nós mesmos. E levar uma vida fugindo das verdades a cerca de nós mesmos é um preço alto de mais que não vale a pena, ainda mais se comparado com a preciosidade de uma existência única e verdadeira.

Posso não ser tudo que queriam ou esperassem que eu fosse, mas hoje eu estou bem por ser quem sou e estar onde estou.

Renascendo das cinzas, a gente entende o que nos matou e porque nós matou, e renasce tendo superando nossa versão anterior.

@jaquepoesia

One thought on “Sem fingimentos, aceite sua história

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.