Sábado

tumblr_static_tumblr_static_filename_640 (1)

De repente me sobra tempo de lembrar que devo abrir o guarda-chuva encharcado da tempestade de ontem.
Hora livre pra redecorar todos os ambientes da casa.
Alguém me deu mais tempo pra ser eu, eu mesma longe da civilazação e dos decretos tolos da humanidade.
Tenho tempo para o livro de capa estranha, e para cumprimentar estranhos em ruas em que estive antes…
Antes de tudo ser como é agora, eu não me lembro de como sobrevivi sem esse tempo para saborear a existencia.

Sem o show da minha banda favorita, sem rabiscos nos meus cadernos, sem ficar nua enquanto leio, sem fingir que sei tocar violão, sem pensar nele, sem regar o meu cacto, sem fazer as unhas, sem empilhar minhas ideias em algum lugar …
Quem seria eu sem o sábado?

Se não fossem os sábados, eu nem iria existir.

7 thoughts on “Sábado

  1. Óptimo pensamento, “Antes de tudo ser como é agora, eu não me lembro de como sobrevivi sem esse tempo para saborear a existência.”
    Gostei imenso, Continua a escrever…

    Hasta & Peace

    Kudza

  2. “Todo procura alguma coisa, num sábado a noite…” Liberdade antes que tardia, pois sem ela ninguém existiria. Bem vinda ao sábado. 😉

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.