Mato e morro

tumblr_lu0ak22cqG1r1bw1m

Perdi o sentido disso tudo no caminho de volta pra casa.

Sonolenta, desistente, incapaz de amar, essa sou eu depois das onze …

Risquei um fosforo, queimei tudo!
Tudo que ainda ontem era meu eterno hoje…

Tudo que me lembrava você, fragmentos de uma ilusão…

Vestígios patéticos de devaneios traduzidos em matéria.
É eu te matei!
E morri logo em seguida.
Sou um cadáver caminhando por aí…
Procurando a vida que perdeu.

Procurando perder o resto que insisti em permanecer.

2 thoughts on “Mato e morro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.