Arthur não existe

51adf750f6a8933d698f36f22c341b1b

Há em Arthur, um jovem e 24 anos, uma necessidade gigantesca de manifestar no mundo digital todas suas mazelas. Igualmente a tudo que vai mau exposto como numa vitrine, também é transferido para suas redes sociais todas suas ”alegrias”, ”conquistas” e ”romances”  como uma novela que todos podem assistir e comentar.
Um vídeo game novo, um show, uma ida ao cinema, ingressos,fotos , provas de que ele é ( ou pelo menos tenta ser ) feliz.
Porque ele faz isso?
Ele precisa da aprovação do outro, um estranho qualquer, um velho amigo da infância, qualquer que o adicionou precisa concordar que ele está vivendo, pois essa é a única maneira de Arthur se sentir vivo.
Alguém precisa comentar sua dor, curtir com ele seu momento alegre. Arthur precisa de companhia, precisa fazer o que todos fazem pra se sentir como eles ( iguais, juntos), parte de um todo, vivo.
Mas na noite passada o meteoro da realidade caiu sobre a terra, todos continuam vivos, menos Arthur, que por um curto circuito  perdeu todos seus ”amigos” de uma só vez em todas as redes sociais.
Sem eles, Arthur não pode possuir o atestado ( dado pelo outro ) de que é feliz, não pode se quer existir.

5 thoughts on “Arthur não existe

  1. Simplesmente incrível! Real até demais rsrs…triste né, porém isso é um fato 👏👏👏 Precisar de aprovações pra ser feliz, não é só o “Arthur” que vive isso haha’ ameii

  2. Adorei a sua volta, Jack querida. E amei este post. Tenho certeza que muita gente vai se identificar com ele, visto que muitos agem assim, sendo dependentes de tudo nas redes sociais. Eu mesmo conheço uma pessoa assim, que vive em função do Facebook.
    Um grande beijo e parabéns pelo retorno triunfante.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.