Amor platônico e desconexo

tumblr_static_1cph6t0fausgcwk4goc4oss8

Passei a tarde toda tendo pensamentos desconexos sobre nós. O que é o estranho porque nem existe um nós.
De toda forma possuída por ideias de um amor inexistente, pensei num castigo que um deus da mitologia grega poderia lhe dar, simplesmente por não me amar como gostaria que me amasse.
Pensei também em como seria ter um ou dois filhos com os seus olhos, o seu jeito de falar, o seu tom de pele.
Pensei em te ligar.
Pensei em mandar te espancarem até a morte caso você não atendesse.
Pensei em pedi-lo em casamento.
Pensei em ir a sua casa, mas lembrei que nem sei onde fica.
Nem sei quem é.
Só sei que te amo, e odeio todo resto… odeio por não ser reciproco.

22 thoughts on “Amor platônico e desconexo

      1. Jaque, me perdoe o sumiço, digo e repito: o capitalismo ocupa meu tempo e eu não consigo estar com quem adoro durante o dia. 🙁 E de noite eu não ando tento disponibilidade pra acessar aqui. Tenho que organizar isso e manter vcs perto.

        <3

        Diego.

      1. Jacky querida, você vai superar isso. Tenha calma e muita fé, pois todos nós já passamos ou vamos passar por um amor platônico um dia, infelizmente.
        Você pode contar comigo, saiba disso.
        Um beijão, amiga querida.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.