A emoção de ler o livro em sua primeira edição

1p E foi na zona leste de SP há uns 6 meses atrás que eu encontrei essa preciosidade por R$ 7,00 ( sim eu disse apenas sete reais! ) , O Pequeno Príncipe versão originalem portuguêscapa dura* em ótimo estado !
Claro que havia um erro no preço , o rapaz que me atendeu no sebo levou uma  bronquinha por isso quando cheguei ao caixa . Ele deve ter etiquetado errado ou sei lá , mas acabaram me vendendo pelo valor que estava no livro ( _ R$ 7,00 ! Foi o clássico mais barato que já comprei ). A parte triste é o exemplar não ser meu rsrs rindo pra não chorar, eu estava comprando clássicos para o meu irmão naquele dia trágico. De toda forma tendo lido esse clássico nas edições mais recentes e até escutado o áudio livro , confesso que   foi diferente ( e muito boa )  a sensação de ter em mãos a edição mais antiga   I love o cheiro de livros velhos,  I love as páginas levemente amareladas  . Sempre bom passar no sebo ^^

3p4p

Le Petit Prince traduzido aqui no Brasil como O Pequeno Príncipe foi escrito pelo francês Antoine de Saint-Exupéry, sendo publicado  originalmente em 1943 nos Estados Unidos. Antoine  também é o responsável pelas  ilustrações originais .
É o livro em língua francesa que mais foi vendido no mundo, com cerca de 143 milhões de exemplares, e entre 400 a 500 edições. Também se trata da terceira obra literária mais traduzida no mundo, tendo sido publicado em 160 idiomas e dialetos.

Meus trechos favoritos :

2p
Isso me motiva tanto a continuar com os meus desenhos bizarros , rs!
6p
Ficou meio nubladinha essa foto , mas o trecho é ” Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas , isso basta para que seja feliz quando a contempla . ”

8p

10p12p12p13p

7p
<3

17 thoughts on “A emoção de ler o livro em sua primeira edição

  1. Creio que você se refere à primeira edição feita pelo extinto Círculo do Livro. A primeira edição d’O Pequeno Príncipe em português saiu no Brasil em 1954 (editora Agir, RJ), traduzida por D. Marcos Barbosa. Há pelo menos mais três traduções publicadas no Brasil e em Portugal. Creio que a tradução do Círculo do Livro é a de Marcos Barbosa.

  2. Você não vai acreditar! Meu primeiro livro foi ele, e foi essa mesma edição na qual você fez o post (do circulo do livro) 😀 Eu ganhei de presente da minha madrasta, quando eu tinha 7 anos e, desde então associo o livro a ela (e ao desenho que passava no final dos anos 80) e me dá uma coisa muuito boa no coração, além da saudade. =)

    Esse seu post foi só amor, e conseguiu arrancar um sorriso meu, além de marejar os olhos.
    Parabéns e obrigado, querida! 🙂

    1. =D Ah que lindo Ismael. Queria ter lido ele na infância, mas já era grandinha quando li =( rs! Amo esse livro demais ( acho que todo mundo ama né! E pra voce ainda remete a alguem especial ^^

      1. =D =D Não faz mal. Pelo menos você leu. E eu só fui lê-lo realmente há uns anos atrás. E percebi quanto tempo perdi, e quantas coisas poderia ter aprendido antes sobre mim, se eu o tivesse lido antes, sabes?
        Mas por um lado, foi bom! Não apenas pelo valor que tem para mim. Mas por ser um livro que vou ler frequentemente, para não esquecer das mensagens que ele possui. O engraçado é que conheço poucas pessoas que gostam desse livro (ou não leram). Ele só parece um livro infantil. Mal sabem as pessoas que nunca o leram. Estão perdendo uma coisa tão simples e essencial para todo ser humano. É demais! ^^

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.